Febramoto, SindimotoSP, Detran.SP e Denatran oficializam Grupo de Trabalho para discutir alterações nas Resoluções 356 e 410

Gerson Cunha (diretor SindimotoSP), Gilberto Almeida dos Santos (presidente SindimotoSP e Febramoto), Maxwell Borges (presidente Detran.SP), Maurício Alves (presidente Contran / Denatran) e Rodrigo Silva (diretor SindimotoSP)
Maxwell Borges (presidente Detran.SP), Maurício Alves (presidente Contran / Denatran), Gilberto Almeida dos Santos (presidente SindimotoSP e Febramoto), Rodrigo Silva (diretor SindimotoSP) e Gerson Cunha (diretor SindimotoSP)
Em reunião oficial na sede do Detran em São Paulo, capital, a Febramoto, o SindimotoSP, Detran.SP e Denatran oficializaram a criação de um grupo de trabalho para discussão das alterações das Resoluções 356 e 410 do Contran que determinam regras para o exercício da profissão de motociclista profissional (motofretista e mototaxista). A reunião é desdobramento da participação do SindimotoSP no 60º Encontro Nacional dos Detrans que aconteceu na Paraíba.
 
A Resolução 356 estabelece requisitos mínimos de segurança para transportes de cargas (motofrete) e remunerado de passageiros (mototáxi) em motocicletas, enquanto que a Resolução 410 regulamenta os cursos especializados obrigatórios destinados a profissionais em entrega de mercadorias (motofretista) e em transporte de passageiros (mototaxista) que exerçam atividades remuneradas na condução de motocicletas.
 
Já está sendo agendada reunião com a diretoria do Contran, em Brasília, para que as discussões sobre as alterações sejam feitas em âmbito nacional para serem aplicadas em todos os estados brasileiros, facilitando e incentivando a regulamentação em todo Brasil.
 
Na reunião estavam Gilberto Almeida dos Santos (presidente SindimotoSP e Febramoto), Rodrigo Silva e Gerson Cunha (diretores do SindimotoSP), Maxwell Borges (presidente Detran.SP) e Maurício Alves, presidente Contra / Denatran.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*